top of page
DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS EM USINAS FOTOVOLTAICAS - MÓDULO I

DRENAGEM DE ÁGUAS PLUVIAIS EM USINAS FOTOVOLTAICAS - MÓDULO I

SKU: 0057

O objetivo é capacitar o profissional no dimensionamento de drenagem de águas pluviais em UFV (Usinas fotovoltaicas), muito em uso atualmente.

  • Assuntos Abordados:

    • Manejo de águas pluviais
    • Conceito de Análise e Síntese
    • Medidas de precipitação
    • Ilha de calor
    • Período de retorno
    • Curva dos 100 anos
    • Código Florestal
    • Instrução DPO 011/ 2017 DAEE
    • El Niño Oscilação Sul (ENOS)
    • Lei Federal 12.334 de 20 de setembro de 2010
    • Falha em barragem
    • Pré-desenvolvimento
    • Pós-desenvolvimento
    • Teoria do Impacto Zero ou Invariança Hidráulica
    • Vazão e infiltração
    • Horizonte de projeto
    • Tempo de concentração
    • Chuvas intensas
    • Huff, 1990, Kentucky para áreas até 1.037km2
    • Método Racional Até 2Km2
    • Soma e translação de hidrogramas
    • Coeficiente de runoff C
    • Reservatório de detenção
    • Teoria do impacto zero
    • Dimensionamento preliminar de reservatório de detenção
    • Routing de reservatório
    • Análise do gradiente hidráulico
    • Dimensionamento de seção circular conforme Metcalf&Eddy, 1981
    • Armazenamento em túneis
    • Fórmula de Manning
    • Canais compostos
    • Colebrook-White para CANAIS
    • Hidráulica de pontes
    • Canal gramado
    • Velocidades máximas pesquisa ASCE em 1922– Fortney e Scobey, 1926
    • Colchão Reno
    • Teoria do Regime
    • Número de Froude F
    • Número de Vedernikov e Montuori
    • Riprap em avental
    • Riprap em bacia
    • Escada Hidráulica Skimming flow
    • Canal com muita declividade
    • Reservatório de detenção estendido
    • Melhoria da qualidade das águas pluviais WQv
    • Número da curva CN
    • Instrução DPO 11/2017 DAEE
    • Método do SCS
    • Método de Brune
    • Softwares
    • Superelevação em curvas
    • Dimensionamento de canal em solo não-coesivo usando modelo de Chin
    • Dimensionamento de canal em solo coesivo usando a tensão trativa com modelo de Akan
    • Método Santa Bárbara
    • Método de Gumbel para precipitações
    • Dissipador de energia Tipo IX rampa dentada
    • Dissipador de energia em blocos
    • Velocidades máximas em canais conforme DAEE SP
    • Dissipador Tipo VI de impacto com cálculo rápido
    • RUSLE (Revised Universal Soil Loss Equation) Equação revisada da fórmula universal de
    • perdas de solos
    • Estabilidade de talude em canais de terra usando Taylor
    • Bueiros com seção circular
    • Roadway overtopping
R$ 100,00Preço
bottom of page